skip to Main Content

Feira e-cêntrica integra calendário comemorativo dos 90 anos de Goiânia

Noventa e três expositores e expositoras de cinco estados e do Distrito Federal vão compor a feira e-cêntrica de publicações independentes, nos dias 21 e 22 de outubro, na Vila Cultural Cora Coralina, em Goiânia. Realizado pela negalilu editora, com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Goiânia, a quinta edição do evento programa atividades formativas gratuitas, simpósio, performance, sarau e exposição de arte. A feira e-cêntrica integra a programação comemorativa dos 90 anos de Goiânia.

A feira e-cêntrica reúne editoras, selos literários, coletivos criativos e artistas gráficos de todo o Brasil, que trabalham com alta qualidade criativa. As editoras Borogodó (SP), Experimentos Impressos (RS), Lote 42 (SP) e artistas como Nestor Jr. (SC) e LTG (DF) estão entre os expositores veteranos, embora seja significativo o número de expositores estreantes como Editora Luas (MG), Poupée Rouge Publicações (SP), Costurados (SP), Carolina Nogueira (DF) e o Ateliê de Livros Malcriados (MG). Os trabalhos editoriais e artísticos de Goiás representam 50% da mostra, com MMarte Produções, martelo casa editorial, negalilu, mondru, Marcelo Peralta, Wes Gama, Coletivo Renka, entre outros.

Com curadoria da escritora e editora Larissa Mundim, a e-cêntrica integra o calendário nacional de feiras de publicações independentes. “Além da exposição e comercialização de livros, zines e artes gráficas, a feira programa ações de formação para toda a cadeia produtiva do livro e debate o mercado editorial como espaço de dissidência”, afirma a curadora.

Para isso, nesta quinta edição, a e-cêntrica conta com a parceria da Universidade Federal de Goiás (UFG) e com o Governo de Goiás, por meio da Secult, gestora de dois espaços públicos ocupados pela programação do evento: Centro Cultural Octo Marques e a Vila Cultural Cora Coralina. A Goiânia Clandestina também é parceira e amplia o ambiente de debate, durante a feira, realizando o Simpósio Epistemologias Afrodiaspóricas Goiânia Clandestina.

Abertura

Na sexta-feira (20/10), a negalilu realiza a abertura da feira e-cêntrica, momento de celebração dos 10 anos de trabalho da editora. A partir das 18h30, no Centro Cultural Octo Marques, o programa prevê lançamento literário com participação das escritoras Cidinha da Silva (SP) e Diana Salu (DF), do escritor Pablo Mathias (GO) e da editora Somnia, que traz a público a antologia “Entre páginas goianas”. O artista visual Luiz Basile (SP) fará uma visita guiada à exposição “Diário do confinamento – Autorretrato da pandemia”, às 19h30, na Galeria Sebastião dos Reis. Segundo a editora Larissa Mundim, este também será um momento de homenagem ao livreiro José Pereira, um dos sócios da Livraria Palavrear, falecido em 2022.

Com o intuito de fortalecer as ações comemorativas do aniversário de 90 anos de Goiânia, em 2023, a feira e-cêntrica promove quatro oficinas dedicadas a pessoas interessadas em poesia, literatura infantil, artes gráficas e artes visuais, nos dias 21 e 22 de outubro. Outro destaque do evento é a realização da trigésima primeira edição do Sarau das Minas GO, coordenado por Carol Schmid. A abertura do sarau terá a participação especial da artista e bonequeira Laura Anastácia (Cidade de Goiás), com a performance “Maria Grampinho”. (veja programação completa abaixo)

O diálogo entre literatura e as artes visuais está contemplado na exposição “Diário do confinamento – Autorretrato da pandemia”, de Luiz Basile (SP), na Galeria Sebastião dos Reis, no Centro Cultural Octo Marques. Isolado durante a pandemia da covid-19, o artista desenhou e pintou 320 autorretratos, em técnicas diversas, ao longo de 20 meses. Parte significativa deste acervo compõe a exposição com 177 autorretratos, cujo período de visitação se encerra com a realização da feira e-cêntrica.

Simpósio

Em parceria com a negalilu, a Goiânia Clandestina realiza no sábado (21/10) o Simpósio Epistemologias Afrodiaspóricas Goiânia Clandestina, de 14h às 16h, na Sala de mídias João Bênnio, na Vila Cultural Cora Coralina. Com o intuito de valorizar e reconhecer a importância dos saberes tradicionais e ancestrais, o encontro reúne pesquisadores, mestres e representantes das culturas de baile e de rima.

Durante a feira e-cêntrica, o simpósio cria ambiência para compartilhamento de experiências sobre a forma como esse conhecimento é construído, transmitido e aplicado na sociedade contemporânea. O simpósio terá o publicador Mazinho Souza, idealizador do encontro, como mediador. Os debatedores e as debatedoras convidadas são Mestre Guaraná, Zanza Gomes, Pietra Pedrosa e Muralha Separatista.

 

Mais info: www.negalilu.com.br

Contato: Larissa Mundim – 62 99968-1658

 

 

Feira e-cêntrica 2023_PROGRAMAÇÃO

 20/10 (sexta)

Comemoração dos 10 anos da negalilu editora
Homenagem ao livreiro José Pereira (Livraria Palavrear)
18h30_ Lançamento de livros: Cidinha da Silva (SP), Diana Salu (DF), Pablo Mathias (GO) e Somnia (GO)
19h30_visita guiada à exposição “Diário do confinamento – Autorretrato da pandemia”, com Luiz Basile (SP)
20h30_Finissagem
Local: Centro Cultural Octo Marques

 

21/10 (sábado)
11h às 20h – Feira e-cêntrica – exposição/comercialização de livros especiais, zines e artes gráficas
9h às 12h_Oficina de poesia e performance, com Arthur Moura Campos (GO) – Sala de Mídias João Bênnio
9h às 12h_Oficina de carimbo, com Marceli Mengarda (SC) – LAB 1
14h às 17h_ Simpósio Epistemologias Afrodiaspóricas Goiânia Clandestina –  Sala de Mídias João Bênnio
Local: Vila Cultural Cora Coralina

 

 

22/10 (domingo)
11h às 19h – Feira e-cêntrica – exposição/comercialização de livros especiais, zines e artes gráficas
9h às 12h – Oficina de poesia e performance, com Arthur Moura Campos (GO) – Sala de Mídias João Bênnio
14h às 17h – Oficina Elementos fundamentais para a escrita do livro infantil, com Andrea Kluge (DF) – Sala de Mídias João Bênnio
16h30 – Performance “Maria Grampinho”, com Laura Anastácia (GO)
17h – Sarau das Minas GO, com coordenação de Carol Schmid (GO)

 

 

 

Back To Top